Consumo

O termo consumo designa o ato econômico que permite concretizar a satisfação de determinada necessidade através da utilização de determinado bem. Se falarmos do consumo das famílias, este corresponde à parte do rendimento disponível que não é utilizado para poupança.

Uma das principais distinções de tipos de consumo é quanto à finalidade do próprio consumo. Nesse sentido, poderá ser distinguido o consumo final e o consumo intermédio. O consumo final (ou direto) é aquele que, efetuado pelas famílias, incide sobre bens utilizados diretamente na satisfação das necessidades sem necessidade de mais transformações industriais. O consumo intermédio é aquele que, efetuado pelas empresas, se destina a ser transformado ou utilizado na produção de bens para consumo final.

Outra distinção efetuada é quanto ao tipo de autor do ato de consumir: no caso de ser o Estado ou outra instituição pública, diz-se consumo público; no caso de ser efetuado por uma família, diz-se consumo privado.

Por fim, uma distinção ainda quanto à natureza das necessidades satisfeitas: se forem necessidades primárias (associadas à própria sobrevivência), designa-se por consumo básico ou essencial; se forem outro tipo de necessidades (geralmente associadas a luxo), designa-se por consumo supérfluo.

Anúncios
Esse post foi publicado em C. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s